Notícias

Romário vai apresentar relatório paralelo na CPI do Futebol

Publicado em 16 de Março de 2016 às 19:16

Brasília – Sem conseguir aprovar nenhum dos 13 requerimentos pautados para a reunião desta quarta-feira (16), o presidente da CPI do Futebol, senador Romário (PSB-RJ), criticou outros senadores que integram o colegiado e avisou que vai elaborar um relatório final paralelo em contraponto ao relatório oficial que será entregue pelo relator, senador Romero Jucá (PMDB-RR).

– O que a gente viu bem claro aqui é que é uma briga que a gente tem que levar até o final. Os que estavam aqui não querem saber nada de futebol, diferente de mim que sou do futebol e agradeço tudo que o futebol fez por mim. Minha briga vai ser constante – disse Romário ao final da reunião que, além de rejeitar requerimentos, também colheu o depoimento do presidente interino da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Antonio Carlos Nunes de Lima, conhecido como Coronel Nunes.

Romário afirmou que sem o apoio dos demais integrantes, os trabalhos de investigação da CPI ficam comprometidos. Ele garantiu que apresentará um relatório final paralelo “muito bem minucioso e com detalhes para que se possa ter noção do que realmente é o futebol brasileiro”.
O relator garantiu que seu relatório será de qualidade e adiantou que proporá que a CBF assine um Termo de Ajustamento de Conduta, se comprometendo com práticas modernas de gestão e mais transparência na entidade.

Informações da Agência Senado