Notícias

Comissão de Educação aprova obrigatoriedade de internet nas escolas

Publicado em 01 de Março de 2016 às 12:51

Brasília – Sob a presidência do senador Romário (PSB-RJ), a Comissão de Educação do Senado Federal aprovou hoje (1º) o projeto de lei que obriga que escolas de ensino fundamental e médio, tanto públicas quanto privadas, a oferecer internet aos alunos (PLS 280/215).

O PL aprovado nesta terça-feira foi apresentado por estudantes de ensino médio de escolas públicas participantes do Programa Jovem Senador de 2014, promovido anualmente pelo Senado.

Na justificativa do projeto, o argumento é o de que o Projeto Banda Larga nas Escolas prevê que todas as escolas públicas urbanas estivessem conectadas à internet até o final de 2010. Até 2013, no entanto, 5,5 mil dessas escolas não tinham conexão à rede, segundo o Censo Escolar.

Para o relator do texto na comissão, senador Antonio Carlos Valadares (PSB-SE), a escola é um bom lugar para se aprender a lidar com as tecnologias, em especial para as classes socialmente menos favorecidas.

“Por meio dessas tecnologias, abrem-se amplos horizontes para a construção de conhecimentos válidos e para o tratamento consistente de conteúdos do currículo escolar. É essencial o acesso às novas tecnologias para o avanço no campo da educação e, por conseguinte, no campo da produtividade e da vivência social plena”, informou o relatório.

* Com informações da Agência Senado